Como consultar de veículo SINESP

Há milhões de veículos roubados circulando pelo país: muitos criminosos simplesmente os repassam informalmente ou os utilizam para si.

Já as pessoas que tiveram o seu carro furtado ou roubado podem ficar por anos procurando-o e, por ele estar em outro Estado, não o encontrar.

É para diminuir casos assim que foi criado o aplicativo do SINESP: todos podem usá-lo para saber se a procedência de determinado veículo é legal ou não.

Aprenda aqui como consultar placa de veículo no SINESP.


Como funciona o SINESP

O SINESP é uma plataforma desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) que serve para informar sobre veículos irregulares, pessoas desaparecidas e também pessoas que tenham mandado de prisão contra si.

Na realidade, esse aplicativo é uma forma de os brasileiros colaborarem com o Ministério da Justiça: assim, pode-se recuperar mais rapidamente os bens e as pessoas.

Com relação à consulta de placas, ela é possível porque sempre que um veículo é furtado ou roubado, a sua placa fica registrada no Boletim de Ocorrência.

Dessa maneira, qualquer policial que estiver frente a frente com um veículo parecido pode consultar se ele é irregular ou não e, com esse app da SINESP, os cidadãos podem fazer o mesmo.

Essa é uma das razões para o proprietário sempre fazer o B.O na Polícia Civil: sem ele, o veículo não constará no SINESP como furtado ou roubado e, se alguém o vir e fizer a consulta, achará que a sua procedência é legal.

Como consultar de veículo SINESP


Como consultar placa de veículo no SINESP

O aplicativo do SINESP é encontrado na Google Play Store e na Apple Play Store.

Uma vez aberto, é necessário:

  • Procurar pela opção de consulta de placa;
  • Inserir as letras e números dessa placa;
  • Clicar em “Checar situação”

Serão exibidos ao cidadão a cor do veículo, a sua marca, o chassi e também onde ele está registrado.

Acima dessas informações surgirá uma figura oval: ela pode ser vermelha, com a escrita “roubado/furtado” em seu interior, ou verde, mostrando a mensagem “sem registro ou alerta de furto/roubo”.

É possível também que a forma oval esteja em laranja e que a mensagem seja “possível alerta de furto/roubo”; neste caso, o veículo está sumido há menos de três dias e, por isso, ainda é uma possibilidade de fruto de crime.


O que é necessário para consultar placa de veículo no SINESP?

Os usuários do SINESP só precisam da placa do veículo para fazer a consulta.

Além disso, o dispositivo móvel precisa ter alguns requisitos: se for um aparelho Android, o sistema deve ter versão mínima 4.4 e a partir de 3,1M de memória.

No caso dos dispositivos com sistema Apple, a versão mínima deve ser 11.0 e a memória disponível precisa ser a partir de 19,9MB. Além do celular, o aplicativo SINESP pode ser instalado em tablets.

É sempre importante lembrar que o único app SINESP confiável é o disponibilizado nas lojas de aplicativo mencionadas.

O cidadão nunca deverá fazer o download oferecido em sites de terceiros: além de o app não compartilhar do banco de dados do Ministério da Justiça, ele pode ser uma forma de criminosos virtuais acessarem informações do cidadão.


O que fazer se o veículo for furtado ou roubado?

O próprio aplicativo orienta o cidadão a não abordar o ocupante do veículo furtado ou roubado: de fato, não se deve nem mesmo chegar perto do veículo, pois ele pode estar em posse de um criminoso.

A providência adequada é ligar para a polícia (190) e comunicar que existe um veículo furtado ou roubado nas proximidades, fornecendo referências do lugar e outras que forem possíveis.

É recomendado contar ao atendente da polícia que se fez a consulta no SINESP anteriormente.

É essencial que a pessoa não comente com terceiros que determinado veículo é irregular e muito menos que se contatou a polícia.

Muitas vezes, o cidadão pode estar conversando com um cúmplice ou parente do criminoso sem saber.

A única maneira de manter a sua segurança é entrando em contato com a polícia de modo discreto, destacando-se que há garantia de sigilo.

Como consultar de veículo SINESP


Veículo abandonado é registrado no aplicativo SINESP?

É possível que o veículo abandonado tenha o selo oval laranja de possível furto ou roubo.

No entanto, mesmo que o resultado na consulta do SINESP seja “sem registro ou alerta”, é sempre recomendado contatar a polícia no caso de veículos abandonados, inclusive porque o seu dono pode estar dentro dele e, por isso, não haver nenhum boletim de ocorrência.

Contudo, deve-se ter a confirmação de que o veículo está abandonado: antes de comunicar a polícia, recomenda-se averiguar se ele não pertence a ninguém nas proximidades e há quanto tempo está estacionado, sem ser aberto.

Se houver sangue ou outras condições alarmantes, indica-se contatar imediatamente a polícia.

Links Patrocinados

DetranBR

O DetranBR é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com os Detrans. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o os serviços oferecidos pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *