IPVA 2019 DF

Consulte o valor do IPVA 2019 DF e saiba quando fazer o pagamento

A Secretaria da Fazenda do Distrito Federal anunciou no final do último ano as datas de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA).

Além das datas, que tem algum veículo também já pode imprimir as guias de pagamento e quitar as cotas únicas.

Entenda aqui como consultar o valor do IPVA 2019 DF.


Como funciona o IPVA DF?

Com tantos impostos com os quais os contribuintes lidam, é comum não saber qual é o emprego do que é arrecadado.

O IPVA não tem uma utilidade única: tanto o Estado quanto a cidade e a União usam o valor pago pelos brasileiros para despesas diversas.

Se o governo federal precisa pagar a folha de funcionários, por isso, ela pode usar a sua cota do IPVA para fazer isso.

A respeito da distribuição, 50% desse imposto ficam com as cidades; os outros 50% são usados pelo Estado e pela União e, como foi exemplificado, não precisa ser para contas relacionadas a transporte.

IPVA 2019 DF


Alíquota IPVA 2019 DF

Os Estados têm cobranças diferentes desse imposto, tanto com relação à alíquota quanto a respeito das suas datas e possíveis descontos para a cota única.

Além disso, a mesma unidade federativa pode cobrar quantias diferentes de um ano para outro, de acordo com as variações de preço de combustíveis, por exemplo.

No Distrito Federal, as motos, por exemplo, terão cobrança de 2% como IPVA, enquanto todos os veículos de carga terão cobrança de apenas 1%.

Para as caminhonetes e automóveis, o imposto será de 3%. Um exemplo: se um veículo de passeio emplacado no DF custa R$ 45.000,00, o seu imposto será de R$ 1.350,00.

Destaca-se que todo e qualquer veículo motorizado está incluído no sistema do IPVA, a não ser que ele tenha sido fabricado há 15 anos ou mais.


Como consultar o valor do IPVA 2019 DF

O Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor do DF pode ser consultado usando o site da Secretaria da Fazenda: http://www.fazenda.df.gov.br/area.cfm?id_area=40. Neste site, o proprietário do veículo deve fazer o seguinte:

  • Escolher a forma de emissão;
  • Fornecer o Renavam;
  • Escolher a forma de consulta;
  • Determinar o ano de exercício (é preciso que seja 2019);
  • Clicar em “Executar”

Essa consulta do IPVA DF mostrará não somente o valor da parcela a ser paga, mas dará a opção de o contribuinte imprimir a guia de recolhimento, até mesmo se ele precisar de segunda via.


Datas de pagamento IPVA DF 2019

Os contribuintes brasilienses têm de usar a placa do seu veículo para fazer a consulta:

  • Para as placas que terminam em 1 e 2, os pagamentos das cotas têm de ser feitos entre 18 de fevereiro e 20 de maio;
  • Para as placas que terminam em 3 e 4, os pagamentos das cotas em 2019 são feitos entre 19 de fevereiro e 21 de maio;
  • Para as placas que terminam em 5 e 6, o IPVA de 2019 tem de ser pago entre 20 de fevereiro e 22 de maio;
  • Para as placas que terminam em 7 e 8, as cotas são pagas entre 21 de fevereiro e 23 de maio;
  • Para as placas que terminam em 9 ou 0, o pagamento do IPVA tem de ser realizado entre 22 de fevereiro e 24 de maio.

Uma ressalva importante é que a data para a primeira parcela de cada veículo também é usada para pagamento da cota única, que é obrigatória para o IPVA que fique abaixo de R$ 50,00.


Dívida ativa IPVA DF 2019

Todos os proprietários de veículos que estão com IPVA atrasado precisam ficar atentos à dívida ativa. Esse cadastro existe em todos os Estados brasileiros e o bem que passa a figurar nele se torna passível de ser tomado.

Um ônibus que está com o imposto atrasado e já consta na dívida ativa, por exemplo, pode ser recolhido e até leiloado, a não ser que o proprietário faça uma negociação.

Para a consulta da dívida ativa no Distrito Federal, é preciso:


O que acontece se o IPVA DF 2019 não for pago?

A posse dos veículos fica bem ameaçada quando o dono não paga o IPVA e há prejuízo financeiro também porque fica impossível fazer o licenciamento anual.

Sem esse licenciamento, o veículo em questão será recolhido e o proprietário terá de arcar com o valor da diária do pátio, além da multa de R$ 293,47.

A pessoa que estiver conduzindo o veículo sem licenciamento, ainda que não seja a proprietária, receberá 7 pontos acrescidos na carteira de motorista.

Cabe lembrar que, em caso de CNH provisória, qualquer multa faz com que a permissão para dirigir seja retirada e que as carteiras definitivas são suspensas se chegam a 21 pontos.

Links Patrocinados

DetranBR

O DetranBR é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com os Detrans. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o os serviços oferecidos pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *