IPVA 2019 GO

Veja o valor atualizado do IPVA 2019 GO e saiba como fazer o pagamento

Pessoas de todo o Estado de Goiás que têm um veículo (caminhão, carro, ônibus, moto, etc) precisam ficar atentos ao imposto de começo de ano: é o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA).

Em dezembro de 2018 foi anunciado que o valor ficaria mais que 3% menor e as parcelas já começaram a ser cobradas. Saiba abaixo como fazer a consulta do valor desse imposto em 2019 e todos os seus detalhes.


Como funciona o IPVA?

Esse imposto está vinculado à Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás e ao Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), ou seja, ambos são indicados para dar informações ao proprietário de veículos.

Ele é uma das maneiras que o governo municipal, o estadual e o federal têm de abastecer-se de recursos públicos.

A divisão do que é arrecadado de imposto é bem simples: 50% de todo o montante fica com a prefeitura, enquanto o restante é usado pelo Estado e pela União no pagamento de suas contas e suprimento das necessidades da população.

O valor do IPVA é determinado com base no valor do próprio veículo, além da sua utilidade: muitas vezes, os que têm finalidade profissional têm cobrança mais alta.

IPVA 2019 GO


Valor IPVA GO 2019

A quantia que cada proprietário vai pagar depende do valor de compra e do tipo de veículo: sendo assim, não existe um montante específico para o IPVA goiano de 2019. As motos e os carros com até 1.000 cilindradas, por exemplo, têm imposto de 2,5%.

Para os automóveis com potência maior que 1.000 cilindradas, o imposto é de 3,75% o seu valor; micro-ônibus, ônibus e caminhões pagam apenas 1,25% de IPVA, enquanto os utilitários e as caminhonetes têm cobrança de 3,45%.

Para compreender exatamente de quanto é o imposto, o proprietário tem de saber quanto vale o veículo na tabela FIPE.

Pensando em um utilitário que valha R$ 35.000,00 terá pouco mais de R$ 1.200,00 como valor de IPVA a ser pago. Para contabilizar manualmente, é necessário:

  • Dividir a porcentagem referente ao veículo por 100;
  • Multiplicar pelo valor indicado pela tabela FIPE.

O valor total poderá ser parcelado em alguns meses, mas o proprietário terá de lembrar de emitir a guia de recolhimento.


Como consultar o valor do IPVA 2019 GO?

Os proprietários não precisam calcular manualmente quanto pagarão de IPVA: o site do Detran Goiás tem uma área de consulta na qual o valor total é mostrado. É necessário:

Se houver pagamentos do IPVA GO 2019 em aberto, o site indicará as parcelas e sugerirá a emissão de segunda via de pagamento.

Se o site do Detran goiano não estiver em funcionamento, a pessoa pode ir à unidade do município com o Renavam e a placa do veículo para fazer a consulta.

IPVA 2019 GO


Dívida ativa IPVA 2019 GO

Esse é outro tipo de consulta que os proprietários de veículos em Goiás podem fazer e diz respeito a parcelas de impostos atrasadas.

Dependendo de quantas parcelas são, existe o risco de o veículo ser tomado até a regularização e, se ela não acontecer, é possível até mesmo a perda definitiva para o Detran.

O indivíduo que quiser conferir se há dívida ativa deve fazer o que segue:

Se o veículo estiver mesmo na dívida ativa de Goiás, recomenda-se que o seu dono faça um acordo o mais rápido possível e que ele seja cumprido.


Tabela IPVA GO 2019

Os pagamentos são ordenados com base no final da placa de cada veículo e começaram no dia 30 de janeiro, indo até 30 de setembro.

Cada pessoa poderá parcelar o seu IPVA em três vezes, sem se esquecer de que a fiscalização do Detran goiano estará vigente entre abril e dezembro.

Tabela IPVA GO 2019


O que acontece se o IPVA GO 2019 não for pago?

O dono legal do veículo tem problemas consideráveis se não paga o IPVA, como a restrição do seu nome junto ao crédito.

Outro problema é que o licenciamento anual e obrigatório é impedido, fazendo com que não se possa dirigir o carro.

Aliás, conduzir um veículo que não é licenciamento gera multa de mais de R$ 290,00, com a apreensão e o custo da diária do pátio.

A carteira de motorista de quem estiver dirigindo também é afetada, mesmo que não seja o proprietário.

Se uma blitz ocorre, quem estiver ao volante recebe 7 pontos na carteira se não tiver o licenciamento do carro para apresentar.

É importante lembrar que a soma de 21 pontos faz com que a pessoa tenha de emitir outra carteira de motorista, pelo bloqueio da anterior.

Links Patrocinados

DetranBR

O DetranBR é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com os Detrans. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o os serviços oferecidos pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *