Quem precisa fazer a nova placa Mercosul para veículos?

Muitos motoristas estão confusos sobre a nova placa Mercosul; afinal, quem precisa fazer a troca? Confira todos os detalhes a partir de agora

Já faz certo tempo que os proprietários de veículos do Brasil estão aguardando definição sobre o uso das placas Mercosul: trata-se de um novo modelo de emplacamento, válido para todos veículos do país.

Chegou a ser noticiado que ele já começaria a ser usado no Rio de Janeiro, mas o governo federa ampliou o prazo mais uma vez: agora, a previsão é para junho de 2019.

Se você não sabe como é a placa Mercosul e nem se o seu veículo vai precisar dela, continue neste artigo. Saiba também se essa mudança de emplacamento causará mais gasto aos proprietários.


Por que mudar o modelo de placas para a placa Mercosul?

O sistema de emplacamento usado no Brasil já é ligeiramente antigo e, como tem funcionado, muitos motoristas questionam o motivo de mudá-lo.

Basicamente, há duas justificativas para essa alteração e a primeira é melhorar a identificação de veículos que transitam para outros países.

Uma pessoa que costuma viajar de carro para outras nações que sejam parte do Mercosul, por exemplo, poderá ter o seu veículo mais facilmente identificado pelas autoridades, inclusive digitalmente.

Além desse compartilhamento de informações com os outros países do bloco, existe outro motivo para mudar a placa: o novo sistema proporcionará que muito mais combinações de letras sejam feitas: o número passa dos 450.000.000.

Quem precisa fazer a nova placa Mercosul para veículos


Quem precisa fazer a nova placa Mercosul para

Clique aqui para ler todas as informações

Leia Mais