IPVA 2019 SP

Acompanhe as orientações para fazer a consulta do IPVA 2019 SP; veja como são calculados os valores e saiba quando você vai pagar

A frota de São Paulo é bastante numerosa com relação a qualquer veículo e a maioria deles tem a cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA). As pessoas que possuem isenção são as que têm deficiências variadas e as que são diagnosticadas com autismo: fora essas, todos os que possuem veículos registrados em São Paulo têm de pagar anualmente esse imposto.

As cidades paulistas ficam com 40% do que o IPVA arrecada, enquanto o governo paulista recebe outros 40%. O Fundo Nacional da Educação Básica também é ajudado com o pagamento do IPVA, com recebe 20%.


Valor IPVA 2019 SP

Apenas dois órgãos podem dar aos paulistas as informações sobre valores desse imposto: a Secretaria da Fazenda e o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DETRAN). Contudo, nenhum deles divulgou a alíquota para os vários modelos de veículos: provavelmente, a publicação dessas porcentagens será feita em dezembro.

Para o proprietário saber exatamente o seu IPVA, terá de conhecer o valor de mercado do veículo e saber em que categoria do DETRAN e da SEFAZ paulista ele está: é essa categoria que dirá a alíquota.

Considerando que seja um utilitário e que a porcentagem correspondente ao seu imposto seja de 3%: se o veículo custou R$ 42.000,00, o seu IPVA será de R$ 1.680,00. Os donos podem solicitar parcelamento em até três vezes, o que costuma corresponder ao mês de abril. Quem puder ou preferir também poderá pagar o IPVA em uma parcela só, sendo comum que o governo dê desconto.

IPVA 2019 SP


Consulta IPVA 2019 SP

O Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor de 2019 ainda não pode ser consultado em nenhum Estado do país, ou seja, os proprietários de veículos de São Paulo terão de acompanhar a Secretaria da Fazenda para ver as alíquotas quando forem publicadas: https://www.ipva.fazenda.sp.gov.br/IPVANET_Consulta/Consulta.aspx.

Essa página também é utilizada pelos contribuintes que querem checar se existe alguma dívida relacionada ao seu IPVA. Aliás, é uma segurança que a pessoa sempre acesse a consulta desse imposto sempre que paga uma das parcelas. Quem decide usar o pagamento único também deve consultar se a Secretaria da Fazenda de São Paulo já o recebeu.

O DETRAN paulista também apresenta todos os débitos em https://www.detran.sp.gov.br/. Deve-se procurar por Serviços Online e, em seguida, pela área dos débitos.


IPVA SP

Os paulistas que não realizam o pagamento do IPVA podem ficar sem seu veículo, sem contar que também são adicionados 7 pontos à habilitação do proprietário. Se a pessoa deseja vender seu veículo, poderá fazer isso mesmo que o imposto esteja atrasado, desde que o DETRAN de São Paulo seja comunicado e que o comprador concorde em fazer os pagamentos que estiverem pendentes.


Tabela IPVA 2019 SP

A tabela do IPVA é um documento que a Secretaria da Fazenda e o DETRAN de São Paulo divulgam com todas as datas das parcelas, além dos descontos. São essas duas instituições públicas que publicam essa tabela anualmente e no final do ano; por isso, a tabela com os dados do imposto de 2019 não está pronta.

IPVA 2019 SP


DETRAN SP

A página estadual do DETRAN paulista é a http://www.detran.sp.gov.br/ e, perto do rodapé, há o hiperlink “Endereços”, onde se acham os postos do DETRAN em várias cidades. Os cidadãos podem localizar os parceiros desse órgão público, como as autoescolas e os médicos que realizam os exames psicotécnicos, e as unidades: elas estão em placas separadas como “litoral” e “capital”, por exemplo.


IPVA 2018 SP

Enquanto os cidadãos de São Paulo não têm as alíquotas de 2019 desse imposto, podem ficar a par do que foi cobrado em 2018, já que não costuma haver tanto aumento ou redução de alíquota. Apesar disso, os paulistas pagaram menos neste ano: foi um pouco mais de 3% de diminuição nesse imposto.

Os micro-ônibus e os ônibus tiveram porcentagem de 2% na conta do IPVA e ela é a mesma para ciclomotores, caminhonetes com cabine simples, guindastes e outros. Para os caminhões, o Estado de São Paulo tem 1,5% como alíquota; se o veículo utilizar GNV ou álcool, além de eletricidade, a alíquota será de 3% e sobe para os 4% se o veículo não estiver enquadrado em nenhuma das regras mencionadas.

Links Patrocinados

DetranBR

O DetranBR é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com os Detrans. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o os serviços oferecidos pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *